Diário de Uma Paixão

07:00



Diário de Uma Paixão




Livro: Diário de Uma Paixão
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 244


"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." Noah Calhoun




Nicholas Sparks sempre nos traz histórias lindas com uma pitada de drama, muito sofrimento e essa não foge desse padrão.




Em uma casa de repouso, Noah já de idade, luta contra a doença de sua esposa: Alzheimer.
Por conta da doença, ela mau  consegue se lembrar das coisas e nem o reconhece mais. São poucas vezes que ela consegue ficar lúcida, então todos os dias, ele pega seu diário e vai ler para ela, como um desconhecido afim de fazer com que o amor que ela sente, ainda escondido pela doença, fale mais alto e a traga de volta….


Noah e Allie se conheceram ainda jovens e viveram um amor intenso de verão. E um dos momentos de romance, Noah um dia levou Allie para conhecer seu maior sonho: a casa que um dia desejava comprar e restaurar. Lá tiveram sua primeira noite de amor, marcando a casa para sempre na memória dos dois.

Os pais de Allie, naquela época, queriam o melhor para filha e um futuro: queriam que a filha se casasse com um homem rico, cuja a família tenha um nome respeitado. E assim levaram a filha para bem longe de Nova Berna.


Allie se foi e Noah nunca conseguiu superar este amor, mandou várias cartas e nunca obteve respostas.
Cada um seguiu seu caminho e anos depois Noah conseguiu comprar sua sonhada casa.
Noah trabalhou bastante para juntar dinheiro e quando tinha a quantia necessária, trabalhou mais ainda reformando a casa.


Quatorze anos se passaram e um jornal publicou a foto de Noah na casa. Allie estava noiva, de casamento marcado.
Lon o noivo de Allie era um rapaz dos sonhos, um advogado de sucesso, rico, de nome respeitado. Um bom homem e possivelmente um ótimo marido. Allie o amava. Mas o amor por Lon nunca chegou aos pés do amor que ela sentiu por Noah.


Mas aquela publicação no jornal mexeu com o coração de Allie. Por duas semanas ela ficou inquieta e as vésperas do seu casamento ela resolveu ir à Nova Berna.


Allie não podia acreditar em ver aquela casa e ver Noah. Aquele lugar e aquele homem traziam várias lembranças. Por dois dias Allie e Noah colocaram o papo em dia, falaram sobre os velhos tempos e aquele amor que parecia ser passado, ascendeu como uma chama...

"Eu não planejei me apaixonar por você, e duvido que você também tenha planejado se apaixonar por mim. Mas assim que nos conhecemos, estava claro que nenhum de nós conseguia controlar o que estava acontecendo com a gente, Ficamos apaixonados, apesar das diferenças entre nós; quando isso aconteceu, alguma coisa rara e maravilhosa foi criada. Para mim, um amor daquele só acontece uma vez, e é por isso que cada minuto que passamos juntos ficou gravado na minha memória. Nunca esquecerei de um momento sequer."

Além de Noah, Lon também vai luta pelo amor de Allie…"


Depois de contar a história, Noah sempre perguntava a sua esposa quem Allie escolheu.  E depois de algumas horas, ela o respondia. Isso fez com que algo despertasse em sua esposa, fazendo com que ela se lembre até de quem é ela mesma.

Ele consegue despertar o amor de sua esposa de uma forma que os médicos não acreditam, para eles é só um dia bom. Mas amor de duas pessoas pode superar tudo e para ele, apesar de tanto sofrimento para conseguir apenas um momento ou algumas horas com ela lúcida, vale a pena. Sempre vai valer a pena estar mais uma vez com sua esposa.


Noah é um sonho, um homem que passa sua vida inteira amando uma mesma mulher,  na esperança que um dia ela volte. Claro que isso é meio clichê, mas o amor que ele sente, faz ele superar barreiras só pelo amor de sua amada.

Uma coisa que senti falta no livro, era ler a história no diário e não uma parte da história em terceira pessoa.
Mas de qualquer forma, existiu momentos que o sofrimento dele me deixou triste, como não ser reconhecido pela esposa e ela surtar. Foi de doer o coração!!!
Mas houve momentos que o coração dele se encheu de alegria, que foi emocionante também.


Eu adorei o livro, mas o filme também me deixou bastante emocionada. Mexeu bastante comigo! #chorona
Outra fofura este livro é o seu tamanho, pequeno, do tamanho de um diário! Muito amor!!


O diário de uma paixão não deixa de ser uma bela história de amor. E nós tempos de hoje, a gente não vê um amor assim. Não mais... 



Me dê sua opinião sobre este livro!

Se gostou da resenha, compartilhe com os amigos.
E até a próxima resenha!





You Might Also Like

0 comentários

Visualizações da página